As novas e esdrúxulas teses da esquerda sobre os hackers presos pela Polícia Federal

Até há poucos dias, para a esquerda, tudo que foi publicado pelo “The Intercept”, ainda que sem provas, era a sacrossanta verdade.

Com a prisão dos Hackers Tabajara, que após intensas torturas, como privação de Nutella e leitinho com Toddy, começaram a abrir a boca, o discurso mudou TOTALMENTE.

Já li que:

-Os hacker são laranjas.

Tá. E por que O GOVERNO arrumaria laranjas, que inocentam os verdadeiros culpados de terem invadido a privacidade dos membros DO GOVERNO?

-O suposto hacker tem problemas mentais.

Aham. Assim como o Adélio. Aliás, só tem doido na esquerda. Mas todo o dinheiro que foi encontrado com ele, absolutamente incompatível com seus rendimentos, estava intacto. É louco, mas não põe fogo em nota de 100.

-O Telegram é inviolável.

Ok! Então, se é inviolável, todos os vazamentos são falsos e o The Intercept deve responder por criar um estratagema que visava a desestabilização de um governo eleito.

-O próprio Moro vazou as mensagens.

Essa, pra mim, é a melhor. Mesmo porque, tem bastante lógica. O Ministro, um dia, acordou entendiado e resolveu vazar algumas mensagens para um site opositor, pra criar uma crise no governo. Fazia tempo que a esquerda não tinha nenhuma “bomba”, então ele plantou um furo, só pra dar risada da cara dos militontos. Tudo isso com a ajuda da CIA e do Sílvio Santos, que vai passar a pegadinha no programa de domingo.

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a justiça." (MENCKEN, Henry Louis).

Felipe Fiamenghi

O Brasil não é para amadores.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários