O intrigante, repentino e curioso problema de saúde do relator da Lava Jato no STJ

Segundo Guilherme Amado, da Revista Época, “O ministro do STJ Felix Fischer, relator da Lava Jato no tribunal, teve uma embolia pulmonar no início da tarde desta sexta-feira (26) e foi internado. Fischer passou por um procedimento, que correu bem, e permanece estável”.

O Presidente Jair Bolsonaro comentou a possibilidade de envenenamento.

Há drogas que simulam casos clínicos para matar e o relator da Lava Jato, o ministro Felix Fischer, é considerado linha-dura no STJ.

Segundo o jornal Extra, “Recentemente, ele [ministro Felix Fischer] negou um pedido da defesa de Luiz Inácio Lula da Silva que tentava reverter a condenação do ex-presidente”.

Foi Fischer também que, em junho, já havia negado o pedido para suspender os efeitos da condenação até que os recursos fossem julgados.

Lucia Sweet

Jornalista

Comentários