Glenn desafia Bolsonaro

Não obstante as notícias que surgem serem desesperadoras, o pseudo jornalista Glenn Greenwald ainda tem o atrevimento de ‘desafiar’ o Presidente da República.

Certamente, o gangster americano acredita piamente que tem as costas quentes.

Ora, diante dos fatos que estão sendo revelados, com a quadrilha de hackers presa, evidenciando uma possível participação criminosa de Greenwald, questionado sobre o assunto, Bolsonaro disse que ele “talvez poderia pegar uma cana aqui no Brasil”. Algo óbvio.

Todavia, mesmo ante a declaração ponderada do presidente, Glenn, insolente, não titubeou e mandou resposta imediata:

“Ao contrário dos desejos de Bolsonaro, ele não é (ainda) um ditador. Ele não tem o poder de ordenar pessoas presas. Ainda existem tribunais em funcionamento. Para prender alguém, tem que apresentar provas para um tribunal que eles cometeram um crime. Essa evidência não existe.”

Ou seja, o gringo, além de agredir, insinuou que Bolsonaro tem a pretensão de ser um ‘ditador’.

Para Glenn, a lei.

É o que basta.

da Redação

Comentários