Mesmo calado o Presidente é atacado

Não faz a menor diferença o que ele diz ou não diz, nem se é verdade ou se é mentira. Já o lula e a dilma falavam barbaridades, mas o dinheiro corria solto para a imprensa, que achava graça até das mentiras e ofensas. lula atacava os “viados” de Campinas e de Pelotas e elogiava as mulheres que, segundo ele, tinham, em outras palavras, o phallus erectus. Entre outras barbaridades.

A esquerda faz uma comoção pelo fato do PR Bolsonaro contar que o pai do presidente da OAB foi abatido por “fogo amigo”, ou seja, pelos sanguinários companheiros do “Ação Popular”, um dos mais violentos grupos de guerrilha.

A Verdade é sempre bem-vinda, pelo menos para mim, que prefiro a verdade mais dura à mentira mais bonita.

“Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”, João 8:32.

E a extrema imprensa diz que com isso o Presidente Bolsonaro estava fazendo uma apologia à tortura. Isso se chama no jargão jornalístico uma “barriga monstra”.

Imediatamente João Dória, claro, não perdeu a oportunidade de ficar calado, atacou Bolsonaro e defendeu o presidente da OAB. Alguém criticou o Dória pela precipitação? Claro que não.

Nesta segunda-feira (29), o Felipe Moura Brasil criticou tanto o Presidente no “Pingos Nos Is”, que parei de assistir ao programa, ficou insuportável. Parecia até que começou a fazer campanha para o Dória, ao insinuar que o Presidente venceu as eleições por ser o único identificado contra o PT e que em 2022 haverá outros candidatos preferíveis. Mas com certeza foi só uma impressão minha. Uma pena, porque o José Maria Trindade é muito bem informado e o Augusto Nunes é sempre brilhante.

O “Terça Livre” está mil vezes melhor, com comentaristas da maior qualidade e análises impecáveis. É atualmente meu programa favorito no YouTube. Tem também o Oswaldo Eustáquio do “Agora Paraná”, um dos meus jornalistas investigativos prediletos, além do Polibio Braga. Gosto muito do Guilherme Fiuza, do Caio Coppolla e do Alexandre Garcia. “O Antagonista” faz jornalismo de excelência e o José Nêumanne acerta quase todas. Há também as opiniões relevantes publicadas no site “A Re-União” e as notícias do “Jornal da Cidade Online”. Pronto, só fica desinformado quem lê a folha, a veja, assiste à “groboNews”, JN e a band. Meu amigo querido Boechat faz muita falta. Ah, e o José Roberto Guzzo é hors concours. Tem a Junia Turra mas ela escreve mais para os que têm a sorte de serem amigos dela.

O bom é que cada um tem o direito a dar a sua opinião, o que estou fazendo agora, e pode expressá-la livremente. Você tem todo o direito de discordar de mim. Basta não ler o que escrevo.

Se o poste do lula estivesse no poder já teríamos virado uma Venezuela quebrada, comendo “perros” (cachorros), com censura e repressão. Lembre-se disso quando quiser reclamar de bobagens.

Afinal temos um governo que não sofreu uma única denúncia de corrupção nos primeiros sete meses e que já começou a dar certo. Foi para isso que votei no 17. E votaria de novo. Viva!!!

Lucia Sweet

Jornalista

Comentários