STF se prepara para afastar Deltan da Lava Jato

Mensagens roubadas, sem qualquer autenticidade e que não denotam qualquer atuação ilegal, poderão ser usadas para afastar o procurador Deltan Dallagnol da Operação Lava Jato.

É nesse sentido a articulação de alguns ministros dos Supremo Tribunal Federal (STF).

No malfadado inquérito das Fakes News, o ministro Alexandre de Moraes já determinou que as mensagens apreendidas pela PF com os suspeitos de terem hackeado celulares de autoridades, como o ministro da Justiça, Sérgio Moro, sejam encaminhadas ao Supremo no prazo de 48 horas.

Assim, tudo indica que tais mensagens poderão ter força documental.

É o caminho tortuoso da institucionalização de uma conduta criminosa para atingir uma autoridade que tão somente trabalhou incansavelmente contra a corrupção.

Fonte: Folha de S.Paulo

da Redação

Comentários