PMDB transforma convenção em ato de apoio a deputado que bateu na mulher

Caciques do PMDB carioca, ladeados por inúmeras mulheres peemedebistas, transformaram o deputado Pedro Paulo de Carvalho na grande sensação da convenção do partido no Rio de Janeiro.
Mesmo depois de confessar  duas agressões à ex-mulher, o escolhido para ser o candidato do partido à sucessão do prefeito Eduardo Paes, foi aclamado na convenção do partido  para a escolha de seu novo diretório no Rio, que aconteceu nesta segunda-feira (23).
Aos berros e recebendo aplausos delirantes de todos os presentes, as lideranças rechaçaram as especulações de que o braço-direito do prefeito Eduardo Paes não seria mais o candidato à sucessão na eleição do ano que vem. 
O governador Luiz Fernando Pezão, ignorou a confissão de Pedro Paulo sobre as agressões na ex-mulher, e classificou o caso como "fofoca".
"Ninguém derrota o PMDB unido, Pedro, pode ter certeza. Essas fofocas cada vez vêm de um jeito. Agora estão começando mais cedo. Botando a cara para fora mais cedo. A gente gosta de urna e de voto. Se quiser ir pro pau, vamos pro pau! Não tem medo de rede de televisão, de picareta de pastor 1,99", disparou o governador, referindo-se ao senador Marcelo Crivella, provável adversário nas próximas eleições.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política