Jornalista Oswaldo Eustáquio: “Tenho muito mais perversidades para contar sobre Glenn Greenwald”

O jornalista Políbio Braga, parceiro incondicional deste Jornal da Cidade Online, fez nesta segunda-feira (5) uma rápida entrevista com o jornalista Oswaldo Eustáquio, revelação no jornalismo investigativo nacional, que tem se dedicado a desmascarar o gangster americano travestido de jornalista Glenn Greenwald.

Entre outras coisas, Eustáquio avisa “Esses protagonistas do mal e da mentira vão se dar mal”.

Leia a entrevista:

Você tem feito denúncias devastadoras sobre a história escabrosa de Glenn Greenwald, editor do site The Intercept. Como é que ninguém fala sobre o passado dele como produtor de vídeos pornográficos destinados ao público gay?

Acho que tu te referes à grande mídia. Ela está aparelhada pela esquerda e não é de hoje. Hoje, contei que depois de assombrar o mercado de filmes pornográficos para gays nos EUA, ele veio para cá e retomou a produção, usando jovens de baixa renda. Esse sujeito não tem autoridade moral alguma para desconstruir reputações como as de Moro e Dallagnol, fazendo o serviço sujo para PT, PSOL e PCdoB.

Há provas?

Ora, publico até links para que os leitores vejam os vídeos. É coisa escabrosa mesmo.

Há reação?

Claro. The Intercept, primeiro, tentou me ignorar, mas em seguida partiu para a velha manobra de desconstrução da minha reputação. E ameaças?

Do site?

Não, mas de gente aparelhada. Inclusive de morte.

E o que vem por aí?

Leia no final da tarde o que vou contar sobre o deputado federal David Miranda, maridão do Glenn.

Onde isto vai parar?

Esses protagonistas do mal e da mentira vão se dar mal. A verdade prevalecerá. A verdade é revolucionária. E nós estamos mostrando a verdadeira face desses criminosos.
da Redação

Comentários