Gilmar pode se atrever a soltar Lula atendendo a pedido absurdo de Zanin

Está nas mãos do ministro Gilmar Mendes um pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Mais uma maracutaia jurídica que pode ser agasalhada pelo magistrado do Supremo Tribunal Federal (STF).

A defesa pede a liberdade num processo que está nas mãos de Gilmar em razão do ministro ter pedido vistas.

Trata-se do esdrúxulo habeas corpus que questiona a imparcialidade de Sérgio Moro e que teve o julgamento suspenso em junho.

A defesa questiona a transferência do criminoso para Tremembé, alegando que Lula está encarcerado “em inconstitucional execução provisória de pena”.

O abobalhado Zanin diz ainda que o petista está preso com base em “decisão proferida em processo injusto, instruído e julgado por juiz suspeito”.

Um atrevimento absurdo da defesa que só não será maior que um eventual ‘atrevimento’ de Gilmar, deferindo o pleito.

da Redação

Comentários