Gilmar refuta a análise do pedido de liberdade de Lula feito por Zanin

Só mesmo Cristiano Zanin para ousar peticionar diretamente a Gilmar Mendes ‘rogando’ a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Mesmo Gilmar Mendes ficou de mãos atadas.

Como o Jornal da Cidade já havia adiantado, o pedido é esdrúxulo e juridicamente impossível.

A relatoria do processo é do ministro Edson Fachin.

Os parcos conhecimentos jurídicos de Cristiano Zanin causam mal estar até em quem quer ‘ajudar’ o seu notável cliente.

Como não é relator do habeas corpus (apenas pediu vista) Gilmar encaminhou o medíocre petitório do advogado abobalhado a Dias Toffoli.

Por decisão de Toffoli, o Habeas Corpus de Lula foi a julgamento pelo plenário da Corte.

Por decisão da maioria dos ministros, Lula permanecerá preso em Curitiba. Por ora a transferência para a Penitenciária de Tremembé está suspensa.

da Redação

Comentários