Conheça Juliana, a futura primeira dama da Argentina. Uma verdadeira dama...

Juliana Awada, uma bela mulher de 41 anos de idade será a partir do próximo dia 10 de dezembro a primeira dama da Argentina. Sem dúvida, uma verdadeira dama, pelo que até então tem demonstrado.
Para ela a política jamais estará em primeiro plano. Juliana, apoia incondicionalmente o marido, mas não abre mão de outros valores, como por exemplo a amizade.
Isto comoveu o país. 
Após o último debate entre Macri e Scioli, Juliana, que sempre teve relação de grande amizade com a esposa do adversário, subiu ao palco e num gesto que exalou sinceridade, abraçou e beijou Karina Rabolini, esposa do candidato preferido de Cristina Kirchner. O público, estupefato, ficou observando aquele gesto espontâneo, tão pouco comum aos embates políticos.
Juliana Awada não se preocupa excessivamente com as liturgias da política. 
Em agosto, durante uma entrevista, Juliana não teve pruridos e disse o que todos sabem. Macri e Scioli, seu adversário de ocasião, "são parecidos e ocupam o mesmo espaço político". Macri é tido como um conservador liberal em termos econômicos. Scioli é visto como integrante do setor peronista mais tradicional, também definido como conservador.
Assim, tudo indica que a disposição de Mauricio Macri em promover uma fase de diálogo na política argentina terá em Juliana um papel fundamental.
Os seus gestos tem suavizado o universo político argentino. Ela comporta-se como uma adepta da informalidade, mas mantém um estilo distinto. Sempre sorridente e extremamente simpática.
Durante a campanha do marido, 15 anos mais velho, teve, em alguns momentos, de fazê-lo tomar fôlego e ir adiante. Macri conseguiu deslanchar na campanha quando visitou bairros pobres, em especial os principais redutos dos adversários. Ali, ele reverteu a imagem que se solidificara a seu respeito: a de ser filho de um grande empresário que caiu na política por acaso.
Quando perguntada sobre a atuação como primeira-dama, ela sorri e comenta:
— Meu projeto com Mauricio é o amor. Vou exercer com muita responsabilidade.
Sem dúvida, uma verdadeira dama.


                                    https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Internacional