A mágica operada no STF por Cristiano Zanin…

Só quero saber como faz pro meu apelo contra decisão de primeira instância ir direto pro plenário do STF pra ser julgado menos de 6 horas depois.

Nas minhas priscas eras como estudante de Direito eu havia aprendido - vejam vocês - que o juízo competente para conhecer de Habeas Corpus seria a autoridade judiciária hierarquicamente superior àquela que determinou o ato impugnado.

Pelo jeito estou desatualizado.

Só conhecia o efeito suspensivo, não o supressivo. De instância.

Colegas advogados, alguém sabe dizer qual artigo do Código de Processo o Zanin usou pra operar essa mágica?

Comentários