A relação entre a esquerda e o crime organizado não é novidade (veja o vídeo)

Integrante da cúpula do PCC diz que corporação criminosa tinha diálogo “cabuloso” com o PT. Ora, ora, quem poderia imaginar? A afirmação foi feita em ligação telefônica gravada com autorização da justiça.

Os áudios, que auxiliaram na prisão de quase 30 pessoas ligadas à corporação, nesta semana, também revelam que governo Bolsonaro está prejudicando as operações do crime organizado.

Segundo “Elias”, apontado pela investigação como tesoureiro nacional do PCC, Moro veio para “atrasar” e já começou a fazer isso quando foi pra cima do PT. “Pra você ver que o PT com ‘nóis’ tinha diálogo. O PT tinha com ‘nóis’ um diálogo cabuloso, mano”, disse a um comparsa.

Na verdade, o governo joga duro com o crime organizado desde o começo. Transferiu de presídio alguns líderes, prendeu outros tantos, e a apreensão de drogas em estradas federais aumentou 600%. Os grandes grupos de comunicação é que não fazem muita questão de dar destaque.

Herbert Passos Neto

Jornalista. Analista e ativista político.

Comentários