Marilyn Monroe: Mito que a moda nunca esquece

Relembrar grandes mitos de Hollywood, como a inesquecível Marilyn Monroe é uma tarefa das mais agradáveis, pois ela em sua época foi uma ícone da moda, que inspirou anônimas e atrizes já consagradas como ela. 
Falecida aos 36 anos de idade, Norma Jean, mais conhecida como o furacão Marilyn Monroe entrou para a história da cultura pop e mantém sua imagem forte como se ainda estivesse viva. O motivo oficial de sua morte continua sendo o excesso de calmantes, mas seu envolvimento com o governo americano e integrantes da máfia alimentam até hoje um clima de mistério e teorias conspiratórias.
Sem nunca ter conhecido o pai e tendo sua mãe internada em um hospício, a eterna loira platinada conviveu em orfanatos antes de adotar, aos 20 anos de idade, o nome que batizaria uma das atrizes mais celebradas de Hollywood. A legalização dessa 'marca", por sinal, ocorreria apenas 10 anos depois, em 1956. Curiosamente, em 1955, uma de suas marcas registradas ganharia o mundo na forma de um vestido branco esvoaçante revelando pernas torneadas que jamais seriam esquecidas. A cena em questão, volta e meia citada em nova produções, aconteceu em O Pecado Mora ao Lado, dirigido por Billy Wilder.
Escolhida em 1999, pela revista People, como a Mulher Mais Sexy do Século, Marilyn foi casada três vezes. O primeiro foi James Dougherty (1942 a 1945), seguido do jogador de baseball Joe DiMaggio (janeiro de 1954 a outubro de 1954) e depois o dramaturgo Arthur Miller (1956 a 1961). Contudo, entre seus relacionamentos, sem dúvida, o romance vivido com o presidente John Kennedy foi o mais famoso, rendendo, entre outros episódios, o inesquecível "Parabéns para você", protagonizado por ela em maio de 1962, ano de sua morte.
Conhecida por seu temperamento difícil e constantes atrasos para compromissos, reza a lenda que ela chegou a incluir em seus contratos uma cláusula que não a poupava de trabalhar quando estivesse no período menstrual. Com uma carreira relativamente curta, aventurou-se como produtora executiva de apenas um filme (O Príncipe Encantado) e tendo atuado em pouco mais de 30 títulos, recebeu algumas indicações e faturou poucos prêmios. O Globo de Ouro de Melhor Atriz, por sua atuação em Quanto Mais Quente Melhor (1959), é o mais representativo deles. Ainda em 1960, o mito ganhava também sua estrela na Calçada da Fama, localizada no número 6778, da Hollywood Boulevard, em Los Angeles, Estados Unidos.
Looks de Marilyn:
Marilyn Monroe usando seu look mais famoso: Vestido branco decotado com saia plissada.
Marilyn com look rosa pink com jóias prateadas, no filme Os Homens preferem as Loiras.
Marilyn usando look extravagantes, brilhantes e luxuosos em rosa pink, dourado e vermelho.

Marilyn Monroe usando vestidos longos e apertados.

Marilyn usando unhas vermelhas fortes, combinando com seu batom.

Monroe com unhas nude minimalistas.

Sapato de strass em vermelho.

Sapato em vermelho de camurça, parecido com que Marilyn usava.

Marilyn usando brinco de pérolas delicadas.

Marilyn com maxi brinco de diamantes.

Colar de pérolas metalizadas.

Joe Dimaggiov deu uma aliança eternity band, com 35 diamantes com o corte baguete para Marilyn.

Brincos brancos com diamantes.

Bolsa verde com foto de Marilyn com chiclete rosa.

Marilyn com óculos de grau em branco.

O seu estilo preferido de óculos era o modelo gatinho, que realçava seus olhos e deixava-os mais lindos.

Bolsas pretas de couro com foto em preto e branco da Marilyn.

Marilyn com óculos de gatinho preto.

Marilyn Monroe dizia que "as loiras se divertem mais" e pelo menos em sua época e com a maquiagem, isso podia ser verdade. A estrela, que conquistou Hollywood com seu visual curvilíneo e estilo de mulher fatal, era lendária por sua maquiagem de lábios vermelhos e delineado no par de olhos azuis. As madeixas platinadas davam o toque final no visual, mas nem sempre foi assim.

Em uma maquiagem que podia durar até três horas dependendo do capricho da atriz e da produção dos filmes, cada detalhe valia a pena para construir o "fenômeno Marilyn". Para fazer o delineado dos olhos, Whitey usava lápis marrom - que em cena se tornava preto - para definir o olhar, além do branco, para criar profundidade, e um delicado côncavo marcado com sombra marrom, imitando o estilo de Greta Garbo, inspiração de make da loira.

A ideia da boca vermelha era criar um ar voluptuoso e sensual, com mais destaque pelo contorno mais escuro e o centro mais claro. O toque final era o gloss, que dava volume extra para a boca de Marilyn.

Arcos do triunfo, as sobrancelhas marcantes da diva! Marilyn era moça esperta: sabia que as sobrancelhas valorizam e destacam a expressão do rosto. A diva, que já tinha sobrancelhas arqueadas, aproveitava para deixá-las mais expressivas com lápis.

Marilyn mudou o tom de seu cabelo diversas vezes durante sua carreira. Ela começou no Hollywoodiano Frank e Joseph Salon, em 1946, período em que seu cabelo foi descolorido para uma tonalidade de loiro dourado, além de quimicamente alisado.
Logo neste início como modelo, Marilyn delineou seu rosto com uma eletrólise para eliminar o bico de viúva (aquela “ponta” no centro da testa entre as entradas do cabelo). Ao longo de sua carreira, o cabelo de Marilyn Monroe passou por várias tonalidades de loiro antes de chegar ao platinado que a tornou conhecida até hoje.

Quando Marilyn era viva, nunca lançou nenhum perfume, porém há registros de entrevistas suas dizendo que quando lhe perguntavam o que ela usava pra dormir, ela dizia: Chanel No 5.
Desde essa frase, ela virou a "embaixadora" e a eterna diva do perfume mais antiga desta maravilhosa grife que é a Chanel.

vídeo é narrado pela própria atriz, a partir de um áudio de uma entrevista concedida por ela em 1960, em que ela conta o que usa quando está na cama. “Apenas Chanel N°5?.
https://www.youtube.com/watch?v=Wo8UtWiYiZI
Case com desenho de Marilyn e frase.

Case com foto de Marilyn com vestido dourado.

Case com desenho de Marilyn com flores delicadas.

Case com foto da capa da Vanity Fair.

Ponto de vista:
Dona de uma forma física invejável e de curvas sinuosas, Marilyn Monroe serviu de inspiração para grandes estilistas da moda e para suas fãs que acompanharam a sua carreira e ascensão em Hollywood.
Até hoje a atriz de O Pecado Mora ao Lado, se imortalizou na cena onde o seu vestido é levantado e aparecem suas belas pernas e com este mesmo vestido foi consagrada, como um retrato vivo, do seu perfil indomado.
Mais informações sobre a moda poderão ser adquiridas no http://www.anjinhadamoda.com/
Por hoje é só. Até o nosso próximo encontro falando de outro tema importante da moda. Espero vocês. Até lá.
Jornalista Noeli de Carvalho e Silva

                                        https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

Noeli de Carvalho e Silva

Editora - Jornalista e Produtora de Moda - Poetisa - Escritora de Fábulas, Contos, Estórias e Poemas Infantis.

Mais de Noeli de Carvalho e Silva

Comentários

Notícias relacionadas