"Tigrão do PT" gastou mais que o dobro de toda bancada do NOVO com cota parlamentar para alimentação

Em matéria d'O Globo desta segunda (12), Bela Megale faz questão de esmiuçar os gastos da cota parlamentar de deputados do partido NOVO com alimentação. A matéria tem repercutido por informar o pedido de reembolso de uma pacote de bala Halls no valor de R$ 2,75 pelo deputado Alexis Fonteyne (NOVO-SP).

No entanto, a matéria não menciona que o deputado não fez questão de pedir o reembolso da guloseima "per se". A balinha estava inclusa em uma nota fiscal de R$ 46,13 emitida por uma refeição no restaurante Esfiha Polo Shopping. Mas parece que tentar pintar o deputado como mesquinho e hipócrita foi mais importante que retratar a verdade.

Por outro lado, a matéria que informa que a bancada "supostamente hipócrita" do NOVO gastou R$ 5.074,49 de cota parlamentar com alimentação, não faz questão de investigar os gastos de outros parlamentares ou legendas. Isso demonstraria que a bancada do NOVO vem atuando dentro daquilo que prega em comparação com outras legendas.

O deputado Zeca Dirceu (PT), conhecido por ser filho do criminoso Zé Dirceu - e por ofender o ministro da economia, Paulo Guedes, ao chamá-lo de "tchutchuca" -, por exemplo, gastou sozinho mais do que toda a bancada do NOVO em reembolso de refeições. No total foram R$ 11.585,77 de janeiro a julho deste ano. O deputado chegou a gastar R$ 3.070,04 apenas no mês de junho. Os valores das refeições também se destacam: o petista chegou a gastar R$ 239,75 em uma única refeição no Soban Cuisine Restaurante.

É curioso o interesse da grande mídia pelos R$ 2,75 de Fonteyne e o completo silêncio sobre os R$ 239,75 do "tigrão do PT"...

Gastos de cota parlamentar do deputado Zeca Dirceu (PT) com alimentação
Gastos de cota parlamentar do deputado Zeca Dirceu (PT) com alimentação
FONTE: Portal da Câmara dos Deputados
Gastos de cota parlamentar da bancada do NOVO com alimentação
Gastos de cota parlamentar da bancada do NOVO com alimentação
FONTE: Portal da Câmara dos Deputados
da Redação

Comentários