Por que Bolsonaro citar Ustra é motivo de polêmica e esquerdista citar Che Guevara é algo "legal"?

Brilhante Ustra e a hipocrisia da esquerda

Que gere polêmica quando Bolsonaro faz menção positiva ao Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, acho justo. Afinal, é uma posição que confronta a questionável narrativa dominante.

O que é difícil de entender, pelo menos de um ponto de vista racional e com senso de proporções, é que não seja motivo de polêmica quando outras pessoas exaltam assassinos como, por exemplo, Che Guevara, que foi responsável pelo fuzilamento de aproximadamente 30 vezes mais gente do que Ustra é acusado de ter matado.

Tamanha discrepância parece só ser possível explicar por uma romantização do terrorismo revolucionário e dos justiçamentos que matavam os próprios companheiros ao menor sinal de desconfiança. É o tipo coisa compreensível,em certa medida, na cabeça de jovens, não na de adultos.

Talvez, se lembrarmos que Che Guevara era tido como "revolucionário modelo" por Paulo Freire, que é patrono da educação e fonte de inspiração para 90% dos professores, isso ajude e entender, pelo menos em parte, o endeusamento de assassinos quando estes defendem pautas de esquerda.

O lado bom da polêmica é que ela joga luz sobre a hipocrisia de muita gente, pois a maioria dos que hoje acham inaceitável Bolsonaro exaltar Ustra nunca se escandalizaram diante da glorificação dos assassinos esquerdistas.

Herbert Passos Neto

Jornalista. Analista e ativista político.

Comentários