assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Em nova "pedalada intelectual", Dilma chama chapa de Kirchner de "luz no fim do túnel"

Ler na área do assinante

Apesar do mercado argentino reagir negativamente às primárias presidenciais no fim de semana que colocaram a chapa Alberto Fernández-Cristina Kirchner em vantagem na corrida presidencial do país, a ex-presidente brasileira impichada, Dilma Rousseff, declarou que a chapa é "luz no fim do túnel" para o povo argentino.

Dilma, que se diz economista, se nega a enxergar a realidade de forte queda na moeda argentina em - 30% frente ao dólar, um dia após o anúncio das primárias. O peso argentino não sofria tamanha desvalorização desde 2015, e a segunda maior desde 2002.

Em sua conta no Twitter, Dilma também declarou nesta segunda-feira (12), que o resultado das primárias também é favorável "para a América Latina e um enorme alento para todos que lutamos pela democracia".

Pura balela.

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários