TCE

Renan comemora a aprovação da Lei de Abuso de Autoridade, mas recebe resposta imediata de Zambelli

O senador Renan Calheiros é possivelmente o homem mais odiado da República.

Elege-se graças ao cabresto que, lamentavelmente, ainda impera em Alagoas.

Campeão em falcatruas e em inquéritos adormecidos no Supremo Tribunal Federal (STF).

Num país sério seria isolado por sua alta periculosidade.

No Brasil ele comemora a aprovação da Lei de Abuso de Autoridade, uma excrescência feita sob medida para a bandidagem, a fim de intimidar os homens da lei.

E assim tuitou Renan:

“Com a lei de abuso de autoridade não haverá mais usurpação de competências das Cortes superiores pela 1ª instância, como ocorreu com Lula e até com Flávio Bolsonaro.”

A resposta imediata da diligente deputada Carla Zambelli veio recheada de ironia, mas certeira:

“Querido, não comemore ainda. O nosso presidente Jair Boolsonaro vai vetar. E logo você estará na cadeia, enjaulado.”
da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários