Todo mundo limpinho...

Já que - chamam isso de democracia - jornalistas da mídia encardida se dão ao direito de escarafunchar a vida íntima e parentes de figuras públicas que odeiam, nada mais justo que provem do mesmo remedinho que adoram usar.

Nada mais justo, não é mesmo?

Sugiro a todos que tenham informações sobre a formação e atuação do grupo Abril desde seu início que compartilhem conosco, para nos divertirmos democraticamente.

Destapar panelas velhas e sujas parece ser a função desses ‘jornaleiros’- como se fossem paladinos da moral e da ética - mas talvez nem tudo seja bacaninha em suas histórias, em seus passados, nos passados de seus filhos, netos e mães, não é mesmo?

Sabem os verdadeiros jornalistas que o vale tudo, o ódio irracional e a parcialidade são péssimos conselheiros.

Entretanto, não falamos aqui de verdadeiros jornalistas

Falamos de jornaleiros, escribas de aluguel.

Então, vamos nos divertir com esse vale tudo.

Só não vale acreditar que a verdadeira motivação desses sujeitos seja trazer a verdade a quem pretensamente informam.

Porque não é.

A motivação por trás de tudo isso é apenas uma: divulgar o que lhes interessa e ocultar o que não interessa.

As canalhices da família lula da silva, para citar apenas um exemplo óbvio, e suas façanhas com as amantes e outras estrepolias sempre foram tratadas como amenidade.

Mas os tempos mudaram.

Por mais que sofram, entendam:

lula tá preso, babacas.

Marco Angeli Full

Artista plástico, publicitário e diretor de criação.

Comentários