PCC e Comando Vermelho entram na Justiça contra Sérgio Moro

Parece inacreditável, mas é verdade.

Foi-se o tempo em que facções criminosas faziam acordo com o governo.

Assim, ante as determinações emanadas pelo ministro Sérgio Moro, as duas maiores facções do Brasil se juntaram em uma tentativa de derrubar judicialmente as medidas implantadas no sistema penitenciário federal.

As facções estão se insurgindo contra a portaria 157 assinada por Moro, que proíbe o contato físico entre presos e seus familiares, além de reforçar o veto à visita íntima.

O objetivo é impedir a comunicação dos chefes das organizações criminosas com o mundo externo, pois estes costumam utilizar os familiares para o envio de ordens.

Tais medidas indubitavelmente foram fundamentais para a queda acentuada nos índices de criminalidade.

Resta saber de que lado ficarão as entidades de direitos humanos, os partidos de esquerda e a própria Justiça.

Fonte: O Globo

da Redação

Comentários