O propineiro fica: Será que o Aécio sabe de algo que nós, pobres mortais, não sabemos?

Aécio Neves, figurinha carimbada do gasto álbum da corrupção tupiniquim acaba de ser mantido no PSDB - bem ali em cima do muro onde se empoleiram os abutres - pelos coleguinhas do partido.

Atacado por Dória, que liderou um movimento dentro do partido para sua expulsão, o gajo, apesar de virar réu diversas vezes, acusado de receber propinas especialmente, ainda mantém misteriosamente o poder.

Ao menos dentro do debilitado PSDB, cuja credibilidade é abaixo de zero, comprovada pelo fiasco das eleições de 2018.

João Dória, o almofadinha oportunista, agora atuando ao lado de Alexandre Frota, quer Aécio fora para que sua campanha para presidente do universo não ser prejudicada.

E porque Dória adora limar futuros concorrentes.

É seu esporte favorito, além do salto em trampolim.

Aécio, apesar de envolvido em maracutaias (leia-se propinas recebidas) com o doleiro Alberto Youssef, acusado por Delcídio do Amaral no caso Furnas (mais propina), acusado novamente pela Odebrecht de montar esquema criminoso (propina de novo), e acusado ainda de pedir grana suja aos brothers Ley no caso JBS, o picareta consegue manter seu poder dentro do partido.

Naturalmente, se merecem.

A alienada Executiva Nacional do PSDB, que só enxerga o que acontece em cima do muro, votou alegremente contra a expulsão do sujeito. 30 votos contra a expulsão contra quatro a favor.

Tudo arquivadinho, pronto pra ser esquecido.

Nada mal para um propineiro que conseguiu inacreditavelmente se eleger deputado federal em décimo oitavo lugar e protagonizou em 2014 - ao lado do poste sem luz Dilma Roussef - uma das maiores farsas eleitorais destas terras sofridas.

O poder de Aécio parece vir do além, de alguma força desconhecida.

Será que o Aécio sabe de algo que nós, pobres mortais, não sabemos?

Será?

Marco Angeli Full

Artista plástico, publicitário e diretor de criação.

Comentários