Diminuição da máquina pública: Mourão declara que governo enxugará número de servidores públicos

Mais uma promessa de campanha de Jair Bolsonaro é novamente enfatizada pelo seu governo: diminuir a máquina pública e gerir melhor os recursos, pauta tão negligenciada pelos governos anteriores e que, suas sequelas, são contabilizadas até hoje. Nesta quarta-feira (21), o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, esteve no Centro Universitário Adventista de São Paulo, no município de Engenheiro Coelho (SP), onde apresentou a aula magna “Os desafios para o futuro do Brasil”.

Na ocasião, Mourão declarou que o governo pretende, gradativamente, diminuir o número de funcionários públicos com estabilidade. De acordo com Mourão, a estratégia é não contratar novos servidores quando um funcionário com estabilidade se aposentar, até que o país tenha recursos.

“Temos que enxugar o governo, a máquina governamental é enorme e pesada, onerosa. Temos de diminuir o número de ministérios, foi o primeiro passo; diminuir o número de cargos comissionados, aquele que o pessoal entrega para o amigo. E vamos enxugar o número de funcionários. Será um enxugamento progressivo. À medida que as pessoas se aposentarem, não vamos contratar ninguém. Vamos aguardar que haja recursos para essa contratação”, disse.

Brasil no caminho certo, finalmente.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários