Boca fechada não entra mosca, Macron!

O mundo inteiro assistiu os histéricos protestos do Presidente francês, Emmanuel Macron, em relação às queimadas na NOSSA região amazônica - queimadas essas que acontecem todos os anos, e esse ano estão abaixo da média.

O pobre francês, tomado por uma ignorância atroz, fez acusações contra Bolsonaro e ainda tentou colocar outros países contra o governo brasileiro. Se deu mal.

Macron não se preocupou em olhar o próprio umbigo e muito menos se deu ao trabalho de comparar os dados oficiais do Brasil e da França. Com isso, mostrou que a ignorância característica da esquerda não tem pátria e nem fronteiras, e que os esquerdistas não passam de um bando de idiotas em qualquer idioma.

Mas já que ele não se deu a esse trabalho, nós podemos dar uma ajudinha.

A França tem 643.801 km2. Sua área de floresta preservada representa 29,22% da sua área total, ou seja, 188.118 km2, ficando abaixo da média mundial (30,88%) e em 110° lugar no ranking mundial de áreas florestais preservadas.

O Brasil tem 8.516.000 km2, é 13,22 vezes maior que a França, tem 61,15% de área florestal preservada, o que significa 5.207.534 km2 de florestas, ou seja, uma área preservada 8 vezes maior que França inteira. Isso nos coloca na confortável 28a posição no ranking mundial e 82 posições à frente da França no quesito preservação.

Além disso, ao contrário da França que está 1,69% ABAIXO da média mundial de preservação, nós estamos 30,27% ACIMA da média mundial, e 31,93% ACIMA da França.

Logo, Macron ao pagar de ambientalista e tentar lacrar em cima da gente, apenas mostrou que a sua estupidez é exponencialmente maior que a moral de qualquer francês para falar do Brasil.

Não sei se é inveja mas agora o francês tem uma Dilma pra chamar de sua... Ou melhor, um Dilmacron.

E agora, quem precisa de ajuda?

Comentários