Atitude desafiadora de Macrom pode fazer Bolsonaro decretar o artigo 136 da Constituição?

Macron finalmente deixou claro o plano: em sua fala, na manhã desta segunda-feira (26), pediu a "Amazônia Internacional!"

Era exatamente o que a direita avisava há anos, que a esquerda loteou e vendeu a Amazônia para as ONGs e chegaria a hora de entregar...

Essa atitude desafiadora do presidente da França pode acabar forçando o presidente Jair Bolsonaro a usar o Artigo 136 da Constituição Federal, responsabilizando quem "vendeu" as terras e dando poder total ao exército naquela área. Chama-se Estado de Defesa:

Previsto no artigo 136 da CF/88, o Estado de Defesa busca “preservar ou prontamente restabelecer a ordem pública ou a paz social" Sob duas hipóteses de ameaça:

- Grave e iminente instabilidade institucional

- Calamidades de grandes proporções na natureza

Estamos passando pelas duas condições.

Como funciona o Estado de Defesa:

Seria um prazo de 30 dias, prorrogáveis por mais 30, em um local específico e não em todo território nacional, onde os moradores ficam proibidos de se reunirem em grupos, correspondências poderiam ser violadas, mensagens interceptadas, aconteceriam as conduções coercitivas e prisões preventivas sem o devido processo legal.

Não é hora de desafiar o governo brasileiro, mas finalmente eles provaram que o PT foi o governo mais entreguista de todos os tempos!

A Amazônia já é deles! Quero ver quem terá coragem de vir buscar...

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

Comentários