Cara de pau, Stédile confirma que o MST recebia verbas de ONGs da Alemanha e da Noruega (Veja o Vídeo)

Uma antiga entrevista do líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), João Pedro Stédile, em junho de 2008, é reveladora e, trazida para a realidade dos tempos atuais, parece esclarecer muita coisa do que ora ocorre no Brasil com relação aos interesses de países estrangeiros na nossa Amazônia.

Em dado momento, um dos entrevistadores questiona Stédile sobre os motivos da ‘generosidade norueguesa’.

A resposta é patética: “Porque eles percebem que a luta do MST é justa”.

Acuado, ele revela quem são os doadores: “Entidades de esquerda, progressistas”

Sim, certamente com interesses inconfessáveis.

Veja o vídeo:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários