Bombeiro lamenta que sua foto tenha sido usada falsamente contra o presidente da República

O sargento Pedro Ribas Alves lamentou que sua fotografia em que aparece dando água para um tatu, realizada no Mato Grosso, tenha sido usada contra o presidente Jair Bolsonaro, após viralizar.

A foto foi compartilhada juntamente com outras imagens de incêndios para divulgar os casos ocorridos na Amazônia. Entretanto, a imagem do sargento estava fora de contexto, uma vez que foi tirada no cerrado.

"Sou eleitor de Bolsonaro. Fiquei um pouco chateado porque a foto vem sendo usada para denegrir o presidente. Essa nunca foi minha intenção e não tirei essa foto para aparecer. A imagem foi tirada de contexto. Aquele incêndio não foi criminoso, não tinha nada a ver com desmatamento ilegal ou com a Amazônia. Aqui é cerrado", explicou.

O sargento também criticou a desinformação gerada no caso dos incêndios na Amazônia:

"Acho uma covardia dizer que ele estão destruindo a Amazônia. Tem muita desinformação por aí."
da Redação

Comentários