O início da crise entre Brasil e França foi marcado por uma verdadeira traição à nação brasileira

Querem saber como começou a crise entre Brasil e França, sobre a Amazônia? Então senta que lá vem história!

No dia 27 de Julho, parlamentares e líderes da esquerda ENVIARAM UM DOCUMENTO AO MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES ESTRANGEIRAS FRANCÊS, que foi publicado no jornal "Liberátion", pedindo INTERVENÇÃO NA QUESTÃO CLIMÁTICA BRASILEIRA e BOICOTE AO ACORDO COMERCIAL entre a União Européia e o Mercosul, justificando que tal acordo aumentaria a devastação na floresta amazônica.

Link da reportagem (em francês): CLIQUE AQUI

O documento, que chama Bolsonaro de "Câncer do Pulmão verde" foi assinado por Glauber Braga, Paulo Pimenta, David Miranda, Talíria Petrone, Ivan Valente, Guilherme Boulos, entre outros.

A publicação, porém, fere os artigos 8º, 9º e 10º da LEI DE SEGURANÇA NACIONAL (Lei 7170/83), para os quais NÃO CABE imunidade parlamentar, de acordo com o Art. 32º da Emenda Constitucional 1/69.

Se queremos um motivo para sair às ruas, não consigo imaginar outro melhor.

Se queremos que o Brasil seja um grande país, já passou de hora de exigirmos a PUNIÇÃO e o EXPURGO DA VIDA PÚBLICA aos traidores da nossa nação.

"Defender a pátria sempre. Antes morrer do que ceder a pátria aos traidores". (ÁLVAREZ, Gregorio)

Felipe Fiamenghi

O Brasil não é para amadores.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários