Para parlamentares, filho de Kakay, ao desejar a morte de Bolsonaro, age se garantindo na influência do pai

Kakay é um advogado tido como destemido.

Causídico de grandes causas e de grandes bandidos.

Baseia sua advocacia mais nas relações que construiu, menos nos conhecimentos jurídicos.

Tem as costas quentes, o que lhe dá liberdade de frequentar o Supremo Tribunal Federal (STF) de bermudas.

Vinícius Portella Castro, filho de Kakay segue o mesmo caminho de seu genitor.

O ‘rapazola’ se acha inatingível.

Filho de Kakay pode tudo, certamente é o que pensa.

Em sua mais recente postagem nas redes sociais, deixa explícito o desejo de que o presidente Jair Bolsonaro tivesse sido assassinado pelo criminoso Adélio Bispo de Oliveira.

Alguns parlamentares se manifestaram sobre tal atitude:

Deputado Carlos Jordy:

“O tal Vinicius Portella @macacofantasma é filho do famoso advogado Kakay, conhecido por cuidar de causas dos clientes mais tralhas do Brasil. Pelo visto, está se garantindo no papai para falar absurdos como esse.”

Deputada Letícia Aguiar:

“Vinícius Portella, filho do advogado petista Kakay, fazendo o que todo comunista fez na história: desejar a morte do adversário político. Essa é a esquerda paz e amor. E a mídia obviamente silencia-se sobre isso...”

Deputado Daniel Silveira:

“Este é Vinicius Portella, filho do Kakay, advogado dos maiores criminosos do nosso país. Se o pai já defendeu Lula e outros execráveis, com certeza deve deixar o filho bem à vontade e seguro em seus tweets.”

Se isso não é crime, ao menos é uma insana covardia e absoluta indecência moral.

Filho de peixe...

da Redação

Comentários