Palocci detona Dilma

A ex-presidente Dilma Rousseff atuou ativamente na anulação da Operação Castelo de Areia.

A Camargo Corrêa financiou a investida contra a Justiça.

Dilma teria levado R$ 50 milhões a título de propina.

Toda a articulação do esquema teve o comando do advogado Marcio Thomaz Bastos, ex-presidente da OAB e ex-ministro da Justiça de Lula, já falecido.

A liminar que suspendeu a operação valeu uma propina de R$ 5 milhões ao então presidente do STJ, César Asfor Rocha.

O próprio Palocci confessou o recebimento de R$ 1,5 milhão por sua atuação no caso.

É assombroso.

da Redação

Comentários