TCE

Revelado o esquema que bancou o advogado de Rose Noronha

Celso Villardi, advogado estabelecido em São Paulo, segundo a delação de Antonio Palocci, teria recebido R$ 1 milhão para fazer a defesa de Rosemary Noronha - ex-amante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva - na dita Operação Porto Seguro.

O advogado é ligadíssimo ao médico Roberto Kalil Filho, para quem também advoga.

O pagamento ao advogado foi bancado pelo empresário José Seripieri Junior, fundador da Qualicorp, empresa administradora de planos de saúde.

Além do advogado de Rose, o empresário ainda bancou repasses de propina para campanhas do PT, doações ao Instituto Lula e aportes na Touchdown, empresa de Luís Cláudio Lula da Silva, o Luleco.

O médico Kalil foi o responsável pela aproximação do empresário com Lula.

Seripieri obteve como contrapartida das negociatas travadas com o PT, a indicação do nome para dirigir a Agência Nacional de Saúde (ANS), para o qual indicou justamente um diretor da Qualicorp, Maurício Ceschin.

Com a ANS nas mãos, Seripieri obteve o monopólio do mercado de corretagem de planos de saúde.

Outro lado

Após a publicação da matéria, a Qualicorp enviou a seguinte nota para o Jornal da Cidade Online:

O empresário José Seripieri Junior repudia as acusações envolvendo o seu nome que foram feitas em delação por Antonio Palocci, condenado a 12 anos de prisão pela Justiça em 2017. Os termos dessa delação não foram aceitos pelo Ministério Público Federal por ausência de base fática.
Uma prova de que essas acusações não têm qualquer fundamento é que o Dr. Maurício Ceschin sequer era diretor da ANS quando as normas mencionadas na delação foram publicadas, em 15 de julho de 2009.
Com relação ao pagamento dos honorários da defesa de Rosemary Noronha, também é totalmente improcedente a acusação. Inclusive, seu defensor declarou à revista VEJA que, em procedimento próprio, comprovou que os pagamentos foram feitos por ela.
Diante dessas mentiras, Seripieri Junior informa que adotará as medidas cabíveis.
Assessoria de imprensa
da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários