O ridículo conselho de FHC para Sérgio Moro

FHC declarou que se fosse Sérgio Moro renunciaria.

O elemento que nomeou Renan Calheiros como ministro da justiça e Gilmar Mendes como ministro do STF deveria lavar a boca antes de dar “conselhos” para Moro.

Não se enxerga.

Lucia Sweet

Jornalista

Comentários