A pervertida ida e volta da igreja (com a família) para o motel (com garotas menores de idade)

O programa 'Fantástico', da Rede Globo, que foi ao ar neste domingo (29), trouxe como destaque, uma reportagem sobre uma quadrilha que agia em Campo Grande (MS), conduzindo uma rede de prostituição e pedofilia, que envolvia, entre os seus clientes, políticos, empresários, médicos, advogados e outros profissionais liberais.
As cenas são chocantes!
Os protagonistas da 'safadeza', por enquanto revelados - tem muito mais gente 'boa' envolvida - são pessoas, em tese, fora de qualquer suspeita, de conduta social aparentemente exemplar e irrepreensivel.
Sergio Assis, ex-deputado estadual, homem extremamente religioso, líder do movimento carismático da Igreja Católica. Alceu Bueno. comerciante, ex-vereador, missionário atuante de uma igreja evangélica e Zeca Lopes, empresário, dono de um frigorífico, frequentador assíduo das colunas sociais, sempre ao lado de sua esposa, uma mulher lindíssima.
Esses personagens infames pagavam programas que custavam cerca de mil reais para uma agenciadora, que providenciava a garota exigida pelo 'cliente'. Uma das exigências era que fosse menor de idade.
Entretanto, mais recentemente, surgiu no negócio um agenciador - Fabiano Viana Otero - que, com a colaboração das próprias garotas, passou a filmar os encontros amorosos.
De posse dos filmes, o malandro extorquia os 'bacanas'.
O então vereador Alceu Bueno pagou R$ 100 mil para evitar que os conteúdos comprometedores fossem divulgados. Até que, não suportando mais a continuidade da extorsão, resolveu procurar a polícia.
Foi então que o agenciador Fabiano Otero foi preso em flagrante, extorquindo o vereador. Na sequência, optou pela delação premiada.
Diante disso, com a delação firmada, uma vasta rede de agenciamento de menores e também de pedofilia foi desvendada. 
O processo está em segredo de Justiça, mas sabe-se que o número de envolvidos - além dos três mencionados - é bastante extenso.
Vamos aguardar.
Lívia Martins
liviamartins,jornaldacidade@gmail.com


                                      https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Foco MS