Codinome de Frei Chico, o irmão de Lula, nas planilhas da Odebrecht era “Metralha”

O esquema de corrupção da Odebrecht desviava dinheiro de obras públicas para distribuir a políticos de diversas formas. Doação oficial, caixa 2, pagamentos no exterior e, pasmem, ‘mesada’.

Tudo isso para beneficiar a empresa em decisões dos governos, na aprovação de leis e em obras públicas.

A delação de Antonio Palocci revela, entre um infindável espetáculo de horrores e barbaridades, que o cidadão conhecido como Frei Chico, irmão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante mais de 10 anos recebeu ‘mesada’ da Odebrecht.

Assim, como todo corrupto beneficiário desse esquema espúrio, Frei Chico tinha o seu codinome nas planilhas de propina da Odebrecht.

Como irmão do maior ‘cliente’ do nefasto departamento da construtora, que atuava no submundo do crime, Frei Chico ganhou um codinome bastante apropriado: Metralha.

Duro é saber que, no caso da Odebrecht, os favorecimentos à família ‘Metralha’ não se restringiam aos ‘irmãos’, atingiam também filhos, sobrinhos e amantes.

da Redação

Comentários