TV JCO - “Crença na impunidade motiva corruptos a continuar agindo”, ressalta especialista, em entrevista exclusiva (Veja o vídeo)

Até que a ponto o tal jeitinho brasileiro acaba se confundido com uma corrupção enraizada?

O cientista político e sociólogo Rócio Barreto desvenda essa questão no quarto episódio da série A Cultura da Corrupção, uma produção original da TV Jornal da Cidade Online.

Em entrevista exclusiva para a repórter Camila Xavier, o especialista destaca que a crença na impunidade é um dos principais fatores que motiva os corruptos a continuar agindo.

“A gente vê que em muitos casos ligados a deputados, os processos não são julgados, acaba o mandato e, ao invés de os casos irem para a justiça comum, acabam prescrevendo”, critica Barreto.

E como a sociedade pode agir para dar o exemplo?

Evitando as pequenas corrupções do dia a dia. “Furar fila, oferecer algum benefício para o guarda de trânsito não multar o carro... Acabando com as pequenas corrupções, a gente começa a melhorar e querer uma democracia mais participativa, e menos representativa”, completa o especialista.

Veja o vídeo com a entrevista completa.

da Redação

Comentários