Seguidores do pai da mentira

“Como pode um jornalista ter usado desses subterfúgios para enganar uma mulher?”
“Como pode a empresa onde ele trabalha ter declarado que não vê nada de errado nessa mentira, e que o que o funcionário fez está de acordo com o que a empresa prega?”

Isso perguntam nesse exato momento milhões de pessoas, indignadas.

Mas, para minorar um pouco a incredulidade, eu digo: não fiquem indignados assim; saibam que é isso mesmo que essa gente faz; assim é o seu ‘modus operandi’.

Não lembram que José Dirceu foi capaz de enganar a própria esposa durante anos, mentindo para ela a respeito de sua própria identidade? A mulher chegou a ter um filho com ele (José Dirceu) sem saber quem ele era de fato.

Então: o que esse jornalistazinho, esse tal de João Paulo Saconi fez, é coisa pequena. Mentiu para uma mulher por 5 sessões profissionais dela apenas...

É um mero “franguinho”, ao lado dos seus pares da Esquerda e da lacrosfera. Ele terá todo o tempo do mundo para evoluir ainda.

O mundo onde ele vive é o da mentira, cujo pai guia os seus pensamentos e as suas ações.

Comentários