PF segue desarticulando o PCC e prende em mansão o chefe do tráfico internacional da facção

Em recente entrevista, o secretário nacional de Segurança Pública, General Guilherme Theóphilo, explicou que a drástica diminuição nos índices de criminalidade, logo nos primeiros meses do atual governo, teve como ponto fundamental a desestruturação das cúpulas das facções criminosas, com o isolamento de suas lideranças.

Entretanto, é certo que essa deve ser uma tarefa constante e sem trégua.

Assim, neste domingo (14) um extraordinário trabalho de inteligência da Polícia Federal logrou prender o traficante André de Oliveira Macedo, o André do Rap, apontado como o chefe do tráfico internacional do PCC.

Para que se tenha uma pequena noção do quanto a PF avança na desestruturação das cúpulas das facções criminosas, na mansão de André do Rap foram apreendidos dois helicópteros e uma lancha, que davam suporte às suas atividades criminosas.

O traficante preso era o responsável pela exportação de drogas e negociações diretas com a máfia italiana Ndrangheta.

É mais uma baixa importantíssima no PCC.

O Brasil finalmente combate o crime organizado.

da Redação

Comentários