A intrigante causa apontada para a morte do delator de Aécio e Lobão

O ex-vice presidente da Odebrecht Henrique Valladares foi encontrado morto na terça-feira (17) no Rio de Janeiro.

Uma morte estranha para o homem que delatou Aécio Neves, Edison Lobão, Marcio Lobão, membros da CUT e lideranças indígenas.

Causa estranheza também o fato de que o falecimento misterioso de Valladares tenha ocorrido na semana seguinte a prisão de Marcio Lobão.

Valladares foi apontado como um dos negociadores de 30 milhões de reais em propina para Aécio.

Para o ex-senador e ex-ministro de Dilma, Edison Lobão, teriam sido R$ 5,5 milhões, pagos diretamente na casa de Marcio,

A causa apontada para a morte pela polícia é intrigante: “Indeterminada”.

da Redação

Comentários