Entrevista - Alexandre Garcia: A história dos últimos 60 anos e uma lúcida previsão do futuro do país (Veja o Vídeo)

Tivemos a oportunidade de entrevistar recentemente o jornalista Alexandre Garcia. Não foi apenas uma entrevista, mas sim uma aula de história e um aprendizado para a vida.

O renomado jornalista, aos 78 anos de vida, demonstrou uma memória de fazer inveja a qualquer um, mencionando detalhes da história do Brasil. O mais impressionante, porém, é a simpatia e cordialidade marcantes, sobretudo por estarmos vivendo em uma sociedade marcada por pseudas celebridades egocêntricas.

Gaúcho de Cachoeira do Sul, a terra do Nero Moura; formado pela PUC/RS; ex-porta voz do ex-Presidente Figueiredo; correspondente de Guerras como Malvinas e Líbano; é um dos jornalistas mais lúcidos, centrados e coerentes da história do Brasil.

Neste encontro, tivemos a oportunidade de relembrar momentos históricos dos últimos 60 anos. Ao final, ele fez uma projeção sobre o futuro do Brasil.

Alexandre Garcia lembrou do seu primeiro voto, quando ajudou a eleger Jânio Quadros, em 1960. Relatou o seu início no jornalismo, incentivado pelo pai.

Com memória invejável, rememorou detalhes do contexto histórico que culminou com a Revolução de 31 de março de 1964. Para os jovens de hoje, é importante ouvir do próprio jornalista a forma como os militares chegaram ao poder (o próprio Congresso, com JK, escolheu Castelo Branco para a presidência da República, em 2 de abril de 1964).

Alexandre mencionou o crescimento econômico do chamado “Milagre Econômico” dos anos 1970. Posteriormente, contou detalhes da sua experiência como porta-voz do ex-presidente Figueiredo.

Correspondente de guerras na década de 80, relatou detalhes interessantes, como a sua previsão para o desfecho da Guerra das Malvinas. Desfez o entendimento sobre o movimento “Diretas Já”, quando já havia um acerto com líderes para a saída dos militares do poder.

Sobre as eleições de 1989, contou sobre o momento decisivo que decidiu a eleição para Collor.

Por fim, registrou sua análise sobre os motivos que fizeram Bolsonaro se eleger presidente do Brasil, mesmo sem tempo de TV, sem dinheiro e sem ir para as ruas fazer campanha.

E quanto ao futuro? Veja nos vídeos a entrevista completa e o que ele falou sobre o Brasil ser o país do futuro.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários