Gilmar usa o caso Aghata para fazer demagogia e leva invertida desconcertante

O ministro Gilmar Mendes, a exemplo do apresentador Luciano Huck, também ousou utilizar de maneira oportunista o lamentável caso envolvendo a pequena Aghata, pura demagogia barata, que não coadunam com suas atitudes como magistrado

Eis o que publicou o ministro:

“Os casos de mortes resultantes de ações policiais nas favelas são alarmantes. Ágatha é a quinta criança morta em tiroteios no RJ neste ano. Ao total, 16 foram baleadas no período. Uma política de segurança pública eficiente deve se pautar pelo respeito à dignidade e à vida humana.”

Logo Gilmar, que com suas centenas de liminares em Habeas Corpus, frequentemente coloca bandidos na rua.

Não demorou para que fosse bombardeado nas redes sociais.

Entre inúmeras manifestações desconcertantes, selecionamos esta invertida desmoralizante:

da Redação

Comentários