Esquerda insana quer transformar tragédia com Ághata em "pacote" a favor do crime e contra Moro

Obviamente, nossos adversários explorarão ao máximo toda a carga emotiva de um drama individual/familiar para nos pintar como inimigos de toda civilidade.

Eles sabem que é o contrário. Boa parte do povo também já sabe. Mas “narrativa” é o forte deles.

O nosso forte é apenas o bom senso de constatar que a civilidade só existe quando os criminosos, todos eles, são exemplarmente punidos. É uma “narrativa” que não comove.

Dito isso, que se apurem as responsabilidades devidas, é claro. Nunca fomos contra apurar e punir. Aliás, somos a favor disso o tempo todo, não apenas quando se trata de um drama individual/familiar. Inimigos de toda civilidade, a história demonstra à exaustão quem o são.

Aurélio Schommer

Membro do Conselho Curador na Fundação Cultural do Estado da Bahia - Funceb e Membro Titular no Conselho Estadual de Cultura da Bahia.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários