Arolde de Oliveira, o senador que desbancou César Maia e Lindinho, tem projeto de lei para extinguir o fundo eleitoral (Veja o vídeo)

O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) foi uma grata surpresa na eleição de 2018, conseguindo vencer um pleito onde era considerado ‘azarão’.

De quebra, aposentou de vez César Maia, pai do presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, e o infame petista Lindbergh Farias, o ‘lindinho’ nas planilhas de propina da Odebrecht.

Em entrevista à TV Jornal da Cidade Online, Arolde de Oliveira falou sobre o projeto de lei para extinguir o fundo eleitoral, a CPI da Lava Toga e a possibilidade de impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal.

“Se houver causa, fato bem determinado, tanto a CPI quanto o impeachment são legítimos”, ressaltou o senador.

O parlamentar ainda opinou sobre a indicação de Augusto Aras para o cargo de Procurador-Geral da República.

“O presidente já fez sua avaliação, naturalmente assessorado por seus auxiliares imediatos, todos com responsabilidade para fazer o melhor pelo país... Quanto ao perfil do candidato, ele já é casca grossa para enfrentar os embates eventuais”, disse o senador.

Veja o vídeo:

da Redação

Comentários