Made in Brazil! Parlamentares e empresários se unem para salvar a indústria brasileira de refrigerantes (Veja o vídeo)

Não é fácil ser empreendedor em nosso país, principalmente em alguns ramos, onde é preciso lutar bravamente para enfrentar a concorrência de mega empresas internacionais.

É o que acontece no setor de refrigerantes brasileiros, muitas marcas até sumiram do mercado ou foram compradas por multinacionais. No Brasil, as grandes corporações têm um benefício fiscal de isenção do IPI, Imposto sobre Produtos Industrializados, que as pequenas empresas não têm. Hoje o pequeno empresário de refrigerante recolhe 0,5% de IPI.

O presidente da Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil, Fernando Rodrigues de Bairros, visitou o deputado federal Guiga Peixoto (PSL-SP), presidente da Frente Parlamentar Mista Bebidas Brasil, que comprou a briga por defender as centenas de famílias que ficaram desempregadas com o fechamento de empresas, e tantas outras que ainda correm esse risco.

“Nos últimos 20 anos fecharam 600 empresas de bebidas no Brasil. Hoje temos que combater a deslealdade tributária que ocorre no setor de bebidas”, ressaltou o deputado Guiga Peixoto em entrevista exclusiva à TV Jornal da Cidade Online.

Nossos empresários devem ter as mesmas oportunidades que os empresários estrangeiros que aqui chegam. Não só no setor de refrigerantes, mas em todas as áreas da indústria nacional, só assim o Brasil será realmente competitivo!

Veja o vídeo:

da Redação

Comentários