José Guimarães (ou “Capitão Cueca”) em pleno voo encontra passageiro que relembra o caso de 2005 (Veja o Vídeo)

Lembram do deputado petista José Guimarães, cujo assessor foi preso num aeroporto em 2005 levando 300 mil dólares? 100 mil só na cueca. No auge do escândalo do mensalão.

O cidadão do vídeo abaixo lembra.

O Ministério Público à época afirmou que o dinheiro seria propina para José, mas em 2012 foi absolvido pois segundo a justiça não havia elementos que ligassem o dinheiro ao deputado.

Um caso assim destruiria a carreira de qualquer outro deputado que não fosse ligado ao PT. José Guimarães na verdade foi promovido por Dilma em 2015 a líder do governo petista na câmara.

E os 300 mil dólares pegos com o assessor que estava viajando par Fortaleza (berço eleitoral do petista)? Até hoje ninguém do PT explicou pra que um assessor carregava essa quantia em dinheiro vivo.

Frederico Rodrigues

Analista Político e Membro da Direita Goiás.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários