Enlouquecida, Gleisi perde totalmente a linha ante as evidências de ligação entre PT e PCC (Veja o Vídeo)

Descontrolada, despudorada e agressiva, assim se comportou a deputada federal Gleisi Hoffmann na tribuna do Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (9).

Desprovida de razão partiu para as ofensas e ameaças. Ofendeu principalmente o presidente Jair Bolsonaro e, lógico, o ministro Sérgio Moro, com acusações falsas e tolas, que chegam a ser hilárias, tamanha a quantidade de asneiras vociferadas.

Ora, a Polícia Civil de São Paulo, que não tem absolutamente nada a ver com o presidente ou o ministro, encontrou evidências de que os honorários de um advogado do PT tenham sido pagos pelo PCC.

No celular do traficante Décio Português, uma das principais lideranças do PCC, responsável pela contabilidade da facção, a polícia encontrou uma mensagem com a menção do valor pago ao advogado que deveria ingressar, em nome do PT, com uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) contra a portaria 157 do ministro Sérgio Moro, que endurecia as regras para a visitação de presos em presídios federais de segurança máxima.

De fato, as ações foram ajuizadas pelo PT, com procuração devidamente assinada por Gleisi.

A Polícia Civil agora irá pedir a quebra dos sigilos do tal advogado.

Aguardem para ver o PT lutando na Justiça para evitar a medida.

Em contrapartida, Gleisi está ameaçando processar quem acusar o PT.

Resta saber quem desta vez pagará os advogados contratados pelo partido.

Veja o vídeo:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários