Mais uma derrota da mídia: o fracasso lhes subiu a cabeça (Veja o Vídeo)

Já houve um tempo em que tínhamos imprensa. Jornalistas sérios, qualificados, buscando sempre checar e rechecar suas fontes. Profissionais que muitas vezes tinham suas preferências políticas, mas nunca as colocavam acima do dever de informar a sociedade com fatos.

Infelizmente, para 99% da nossa mídia isso é passado. Nos últimos anos, as faculdades vomitaram uma geração de incapazes que nos brindam constantemente com sua pirraça política.

A verdade, os fatos, a própria realidade, perderam a importância. Para esse pessoal a notícia só tem valor, se puder ser usada para explorar uma posição política. Para enfraquecer o adversário e celebrar um aliado.

E com isso, aparecem casos deprimentes como o circo de horrores que vimos ontem quando nossa imprensa imparcial e competente, resolveu ignorar o bom senso e dedicar seu dia a noticiar o fracasso de Bolsonaro diante de uma suposta negativa dos EUA em apoiar a entrada do Brasil na OCDE.

Mais preocupados em devolver a humilhação que Bolsonaro lhes impôs nas eleições do que em falar a verdade, nossa mídia esqueceu de confirmar com o próprio Trump se o apoio havia mesmo sido retirado.

Resultado? Horas depois tiveram que passar uma das maiores vergonhas que um ser humano pode passar, ao serem desmentidos pelo próprio presidente dos EUA.

Fossem jornalistas de verdade, os que publicaram a notícia falsa teriam pedido demissão imediatamente. Mas se engana quem pensa que sentiram um pingo de vergonha na cara. A essência desse novo tipo de jornalismo pós-moderno é justamente essa. Publicar mentira atrás de mentira, sem JAMAIS se preocupar em fazer uma autocrítica. A verdade para este pessoal, é apenas uma mera inconveniência no meio de seu objetivo político.

A forma como eles seguem em frente como se nada tivesse acontecido, é a prova disso. O fracasso lhes subiu à cabeça.

Mais uma vez, apostaram contra o Brasil e perderam.

Guga Chacra também havia comemorado
Guga Chacra também havia comemorado

Frederico Rodrigues

Analista Político e Membro da Direita Goiás.

Comentários