A história de um povo alegre que um dia foi dominado por uma quadrilha vermelha

Era uma vez um reino lindo, com praias maravilhosas e um povo alegre.

Mas um dia esse reino foi dominado por uma quadrilha vermelha.

Quadrilha que dava um punhado de moedas de ouro e 2 pedaços de mortadela para o povo continuar alegre.

Mas, enquanto o povo só tinha olhos para a mortadela e pras moedinhas, a quadrilha enviava carregamento de ouro para outros reinos.

Até que um dia o povo acordou e tirou a quadrilha vermelha do poder.

O rei foi preso.

No seu lugar elegeram o líder da tropa que pertencia ao povo.

O líder assumiu o poder e levou sua família junto para ajudar no reinado.

Tudo lindo e maravilhoso. O povo voltou a ficar alegre e o sol brilhava para todos.

Mas, a família, não muito experiente em comandar o reino, chamou pessoas para ajudá-los.

Muitas dessas pessoas estão realmente trabalhando para o bem do Brasil....

Mas outras, que deveriam somente ocupar o lugar de bobos da corte, ao invés de se preocupar em construir um caminho para o rei continuar seu trabalho no reinado, resolveram caçar apoiadores do rei, só por diversão (ou por de caso pensado).

Diversão essa que pode custar muito caro ao rei.

Espero que o rei e seus filhos ouçam o filósofo do reino que disse: a direita tem que separar entre os autênticos traidores filhos da puta, dos meros enfezadinhos divergentes....

Porque os enfezadinhos podem ter descontentamentos pontuais, mas ainda estão na base de apoio...

Já os filhos da puta estão usando o nome do rei para ameaçar os enfezadinhos.... e com isso tentam detonar a possibilidade que o rei seja reeleito em 2022..…

(Texto de Flavia Ferronato. Advogada)

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários