Lula vai apelar e tentar fazer do 'impeachment' uma disputa entre ricos e pobres

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu, nesta segunda-feira (7), clara demonstração de que vai usar todas as armas possíveis e imagináveis para evitar o impeachment da presidente Dilma Roussef.
Em reunião com representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da União Nacional dos Estudantes (UNE) e do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Lula cobrou uma "bandeira única" das entidades contra o impeachment e defendeu que não há "base política e jurídica" para o afastamento da presidente.
Porém, no discurso de Lula, o ponto mais intrigante ficou por conta da afirmação de que o que está por trás da tentativa do afastamento de Dilma é o "desejo da oposição de tirar o pobre do poder".
A fala de Lula, recebida com entusiamo pelos presentes, sugere que o ex-presidente vai tentar fazer colar na briga contra o impeachment, o velho discurso de campanha, que angariou grande apelo popular, enfatizando uma eventual disputa de classes, entre ricos e pobres.

                                                     https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política