A inusitada covardia do arcebispo de Aparecida

Atitudes como a do arcebispo de Aparecida Dom Orlando Brandes são extremamente lamentáveis e totalmente dispensáveis para a construção de um mundo melhor.

Em plena missa, na manhã deste sábado (12), o sermão do arcebispo transbordou ódio. Criticou o “dragão do tradicionalismo” e disse que “a direita é violenta e injusta”.

No mesmo dia, na missa no período da tarde, na presença do presidente Jair Bolsonaro, o arcebispo fez uma adaptação em sua retórica.

“Lembrei dos dragões das ideologias. Ideologias são interesses pessoais tanto da direita, quanto da esquerda”.

Sem dúvida, um péssimo exemplo para os fiéis.

São por essas e outras que católicos estão se afastando da igreja.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários