Escola Militar: Disciplina para nossos jovens e novos métodos de educação (Veja o Vídeo)

O Coronel Wagner Rodrigues, especialista em escolas miliares, é o entrevistado na TV JCO.

Disciplina e ensino de qualidade, essas são as palavras-chave quando se fala em escola militar.

Por isso a procura por essas instituições de ensino é tão grande.

De acordo com o Coronel, anualmente cerca de 22 mil jovens tentam vaga nas 13 escolas militares que existem atualmente. Em setembro deste ano, o Governo Federal lançou um programa para construir mais 216 escolas militares em todo o Brasil até 2023.

“As escolas militares estão ligadas ao departamento de educação do Exército. Além do que é ensinado em todas as grades curriculares, entram também outros eixos como valores cívicos, patrióticos, de respeito, disciplina... O programa lançado pelo Governo Federal faz parte de uma parceria entre o Ministério da Educação e o Ministério da Defesa, exatamente no sentido de levar esse modelo de gestão compartilhada com esses eixos para outras unidades da federação”, explicou o coronel.
Coronel Wagner Rodrigues
Coronel Wagner Rodrigues

Políticas adotadas em governos anteriores prejudicaram a educação.

Infelizmente, o Brasil está lá embaixo nos índices de educação, e isso é culpa de governos anteriores, como destacou o coronel.

“Sem dúvida nós sentimos que esses baixos índices de educação têm sim uma responsabilidade forte de nossos gestores e políticas que foram empregadas, inclusive com técnicas de aprovação, que fazem com que o aluno seja promovido em seus anos escolares sem que tenha efetivamente absorvido os conhecimentos, isso tem sido recorrente. Agora estamos em uma nova fase, as urnas acabaram mostrando a necessidade desse resgate dos valores de educação, disciplina... Precisamos sim melhorar o nível de educação dos nossos jovens”, completou Rodrigues.

A média do Brasil no Ideb, que mede o desenvolvimento da educação básica do país, é de 5,8. Já no ranking mundial, avaliado pelo Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos), nosso país ocupa o 59° lugar em leitura, 63° em ciências e 65° em matemática.

Veja o vídeo:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários