Promessas e ameaças do presidente do STF institucionalizam a “República dos Bandidos”, afirma Carvalhosa

Em texto publicado nas redes sociais neste domingo (20), o jurista Modesto Carvalhosa alerta para a situação gravíssima que o Supremo Tribunal Federal (STF), está prestes a impor a sociedade brasileira.

Leia abaixo a íntegra do texto:

"Em seu discurso de abertura da sessão “inaugural” da decisão favorável à prisão somente após transito em julgado, o presidente do Pretório Excelso fez uma promessa e uma ameaça.
A PROMESSA é que TODOS os criminosos atualmente condenados e os futuros serão BENEFICIADOS pela decisão erga omnes do STF.
Ou seja, não apenas os corruptos e os grandes chefes do crime organizado são os destinatários da PRISÃO SOMENTE APÓS O TRÂNSITO EM JULGADO.
Estará garantida a impunidade para TODOS os bandidos, de forma muito DEMOCRÁTICA, a demonstrar que, no Brasil, todo tipo e espécie de crime compensam, sem distinção.
A segunda fala do Chefe do STF é uma AMEAÇA à magistratura federal e a dos Estados: se algum criminoso condenado for preso ANTES do trânsito em julgado, será aplicada ao respectivo juiz ou desembargador a LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE.
Ou seja, quem vai ser preso por quatro anos será o magistrado e não mais o delinquente.
Está assim, definitivamente, institucionalizada a REPÚBLICA DOS BANDIDOS em nosso país."

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários