A reunião na faculdade de Gilmar, os doutos participantes e a homenagem a um ex-deputado do PT

Tratado como “O dono do Supremo” pela Revista Crusoé, o ministro Gilmar Mendes também é dono de uma faculdade, como é de conhecimento público.

Começa amanhã (22) na escola do ministro, o XXII Congresso Internacional de Direito Constitucional.

A abertura do evento será marcada por uma homenagem póstuma a Sigmaringa Seixas, ex-deputado do PT, tido como o maior conselheiro dos ex-presidentes Lula e Dilma Rouseff na indicação de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Ficou conhecido como “o fazedor de ministros”.

Na abertura, estarão presentes como conferencistas, o próprio Gilmar, Dias Toffoli e o ex-advogado de Lula, Sepúlveda Pertence. O ministro Alexandre de Moraes também participará no dia 24.

Entre os palestrantes, nos três dias do evento, advogados de famosos investigados na Lava Jato, como Joesley Batista e Aldemir Bendine. Este último que acaba de ser beneficiado como uma decisão inusitada da corte suprema.

Num ambiente de confraternização, ministros e advogados de réus da Lava Jato poderão trocar conhecimentos durante três longos dias. É claro que, detentores da hegemonia da ética, ministros e advogados jamais tratarão dos assuntos que envolvem os processos dos criminosos endinheirados condenados na Operação Lava Jato.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários